7 fatos impressionantes sobre o Ursinho Pooh

Foto: (reprodução internet)

O Ursinho Pooh é um personagem famoso e muito querido que a Disney apresenta há mais de 50 anos.

O personagem já apareceu em livros e filmes ao lado de seus amigos famosos como Eeyore, Tigger, Piglet e Christopher Robin.

Os livros, originalmente escritos por A.A. Milne conta sobre as aventuras do urso, mas você sabe de onde veio o urso fofinho?

Aqui estão 7 fatos sobre o Ursinho Pooh.

#1 O Ursinho Pooh foi baseado em um urso real

bear-ly visible.
Foto: (reprodução internet)

Escritor A.A. Milne deu a seu filho um ursinho de pelúcia em seu primeiro aniversário, que ele comprou na loja de departamentos Harrods em Londres.

O urso foi originalmente chamado de Edward, mas foi alterado para Winnie depois que Milne levou seu filho Christopher Robin Milne para o zoológico de Londres.

O famoso urso preto Winnie vivia no zoológico de Londres na época e foi a inspiração para a mudança de nome do ursinho de pelúcia de Christopher Robin.

O urso foi chamado de Winnie, pois veio de Winnipeg, no Canadá, após ter sido doado por um soldado canadense que foi convocado para o serviço na Europa durante a Primeira Guerra Mundial.

No Brasil o nome Winnie foi subistituido pela palavra “ursinho“.

Christopher Robin visitava regularmente o urso e às vezes ele tinha permissão para alimentá-lo.

#2 A parte Pooh do nome vem de um cisne

Você pode estar se perguntando de onde vem a parte ‘O Pooh’ do nome, já que a parte Winnie faz sentido.

Pooh era o nome dado a um cisne que Christopher Robin e seu pai viram em suas férias em West Sussex, na Inglaterra.

O cisne é descrito no livro Quando éramos muito jovens e era uma criatura muito amada que se tornou uma parte importante de suas vidas.

Christopher Robin alimentava-o sempre que eles estivessem fora e isso inspirou A.A Milne a criar o nome “Winnei-The-Pooh”.

Diz-se que Christopher Robin chamou o cisne de Pooh, porque se o cisne decidisse não responder ao seu nome, pareceria que Christopher estava apenas dizendo “oh Pooh!” para não mostrar que estava incomodado com o cisne o ignorando.

A.A. Milne então fundiu os dois nomes Winnie-The-Pooh para formar Winnie-The-Pooh e ele explica no primeiro livro Winnie-The-Pooh que as funções do urso nem sempre estão em grande forma, o que significa que ele é um pouco ridículo.

#3 O Ursinho Pooh foi criado em 1924.

A primeira ilustração do personagem foi desenhada por Ernest Howard Shephard em 1924

A ilustração apareceu em um livro de poesia chamado When We Were Very Young, escrito por A.A. Milne e ilustrado por E.H Shephard.

Não foi até 1925 quando o urso foi publicado ao lado do nome Winnie-The-Pooh.

Esta ilustração apareceu em uma história de Natal que foi publicada no London Evening News na véspera de Natal.

#4 A primeira história de Pooh foi publicada em 14 de outubro de 1926.

A primeira coleção de histórias a apresentar o Ursinho Pooh foi escrita por A.A Milne em 1926. O livro foi intitulado “Ursinho Pooh“.

Em 1928, isso foi seguido por sua próxima série intitulada “The House at Pooh Corner“.

35.000 cópias foram vendidas após seu lançamento no Reino Unido e incríveis 150.000 cópias nos Estados Unidos.

#5 O ursinho Pooh nem sempre usava vermelho

O Ursinho Pooh é conhecido por usar sua icônica camiseta vermelha, mas nem sempre estava tão bem vestido.

A camiseta vermelha foi adicionada quando os direitos do personagem foram comprados pela Disney.

Os esboços e desenhos originais do personagem eram apenas de um urso que não usava nenhuma roupa e conforme os desenhos se desenvolviam, ele foi retratado com uma camiseta.

Em 1930, Stephen Slesinger adquiriu todos os direitos do Winnie The Pooh, para uso nos Estados Unidos e Canadá, de A.A Milne.

Em 1932, o primeiro desenho colorido de Slesinger foi visto pelo público e é daí que veio a icônica camiseta vermelha de Pooh.

Leia também: Será que você sabe tudo sobre o Pato Donald?

#6 Em 1961, a Walt Disney Productions adaptou as histórias do Ursinho Pooh

Até este ponto, certos acordos e licenças foram dados à Disney para o uso do Ursinho Pooh, mas em 1961 a Disney mudou o personagem que se tornaria o sucesso que é hoje.

A Disney mudou o nome de Winnie-The-Pooh, anteriormente hifenizado, para Winnie the Pooh.

Com a ajuda de seu agente licenciador Stephen Slesinger, eles adaptaram as histórias originais de Pooh para criar recursos que levassem a uma minissérie.

#7 As histórias de Pooh foram traduzidas para 50 idiomas

mochaが発見した画像です。We Heart Itであなた独自の画像や動画を発見(して保存!)しましょう
Foto: (reprodução internet)

As histórias tão amadas se tornaram populares em todo o mundo, então as traduções eram muito necessárias.

A alta demanda significou que cerca de 50 traduções dos livros foram feitas, algumas das línguas incluem francês, espanhol, italiano, latim, russo, tailandês, hindi, catalão e português.

Na época, era um livro popular sob demanda, especialmente em países europeus.

A Itália foi o país menos interessado na tradução dos livros após a primeira tradução para o italiano em 1936.

Pensa-se que, devido ao governo da época, o livro pode não ter sido de interesse de promover ao público e nenhuma cópia da primeira tradução italiana foi encontrada desde então.

A clássica história do Ursinho Pooh é uma criação atemporal que inspirará as gerações vindouras.

O amado urso deixou sua marca na história e é uma figura icônica da infância de muitas pessoas.

O urso fofinho comedor de mel continuará a viver através das adaptações da Disney do livro de histórias original de A.A Milne.

Traduzido e editado por equipe Isto é Interessante 

Fonte: The Facts Site