Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa

[nextpage]

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: (reprodução/internet)

Os bombeiros são profissionais que se colocam em risco 24 horas por dia, sete dias por semana, para ajudar a salvar outros. Esses homens e mulheres corajosos dedicam-se integralmente para garantir o bem-estar e segurança das pessoas à sua volta, e enfrentam os maiores perigos para manter a sociedade tranquila.

Tornar-se um bombeiro é uma escolha muito importante e que envolve vários riscos, porém, você recebe muito carinho e gratidão em troca. É interessante que o trabalho de um bombeiro envolve salvar a vida de várias criaturas, e não apenas humanos. Se ficou curioso, clique em Próximo para descobrir a grande surpresa que uma equipe de bombeiros teve em um dia de trabalho.

[/nextpage][nextpage]

Um dia como outro qualquer

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: (reprodução/internet)

É claro que “normal” é uma palavra que é difícil de ser definida quando você trabalha como bombeiro, já que eles passam por várias situações inusitadas com frequência. Apesar disso, essas coisas, por acontecerem cotidianamente, acabam se tornando comuns para os bombeiros, e essa é uma das razões para a jornada de trabalho ser tão imprevisível.

O Corpo de Bombeiros de Colorado Springs (DBCS) pode comprovar a veracidade disso com certeza. Eles estavam no quartel, esperando a próxima urgência para resolverem em um tranquilo e belo dia de março. Porém, o que eles não esperavam é que a próxima missão deles seria imprevisível e guardava grandes surpresas.

[/nextpage][nextpage]

Preparados e experientes

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: (reprodução/internet)

Os profissionais que formavam o Corpo de Bombeiros de Colorado Springs tinham não apenas muitos anos de experiências, como também muitas vivências em situações de risco de vida e emergências. Por causa disso, acreditavam que estavam totalmente preparados para lidar com toda e qualquer situação que aparecesse.

Como é de praxe, eles sabiam que não podiam esperar nada de muito diferente além de emergências inusitadas em sua jornada de trabalho. Porém tudo isso mudou quando eles receberam a ligação de uma mulher que precisava de ajuda com uma ocorrência bem particular e diferente. Com certeza eles não estavam esperando nada parecido com isso.

[/nextpage][nextpage]

A missão envolvia ajuda aos animais

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: (reprodução/internet)

Ao atender a ligação, o bombeiro responsável seguiu o procedimento comum, perguntando qual era a emergência e o local, a fim de passar essas informações para seus colegas ficarem cientes e saberem o que os aguardava. Enquanto a mulher explicava a situação, eles logo perceberam que a tarefa envolvia libertar alguns animais que estavam presos próximos à casa da mulher.

Como o tempo é de suma importância em toda emergência, eles começaram a se preparar rapidamente para sair o mais depressa possível. Mesmo sem saber muito sobre o que havia acontecido, eles estavam relativamente tranquilos, pois tinham certeza de que controlariam a situação assim que chegassem ao local e compreendessem exatamente o que havia acontecido.

[/nextpage][nextpage]

Lembrar de casos passados pode ajudar

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: (reprodução/internet)

Como dito, os bombeiros sabiam muita pouca coisa sobre a emergência: que animal era aquele? Como ele havia sido preso? Enquanto estavam a caminho do local, começaram a se lembrar de suas operações passadas que envolviam o resgate de animais. Algumas havia sido bem simples de resolver, mesmo que uma minoria tivesse tido alguma complicação.

Porém, o que mais os preocupava naquele momento era o fato de não saber que tipo de animal eles iriam encontrar. E essa preocupação era muito válida, pois cada espécie precisa de um cuidado específico, além de não ser possível prever como eles iriam reagir em situação de perigo.

[/nextpage][nextpage]

Prontos para qualquer emergência

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: (reprodução/internet)

Enquanto discutiam sobre as possibilidades do caso, os bombeiros do DBCS suspeitavam que a situação envolvia um gato e cachorro, já que estavam indo para uma área central da cidade. Apesar disso, é claro que eles não poderiam descartar a ocorrência com nenhum outro animal, e deviam estar prontos para o que quer que aparecesse.

O bom daquela situação é que todos aqueles profissionais já tinham tido muito experiência em resgate de animais e haviam passado por essas situações em muitos ambientes diferentes e bem inusitados. Por isso, eles estavam tranquilos e achavam que tinham tudo sob controle.

[/nextpage][nextpage]

Finalmente descobrem a missão

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: reprodução/internet

Assim que a equipe de bombeiros chegou ao local indicado, eles logo descobriram a missão que teriam que enfrentar. Como contou a mulher que ligou para o quartel, alguns animais haviam ficado presos em um ralo de esgoto no meio da rua. Sem perder tempo, eles logo começaram a pensar no que poderiam fazer para salvar os animais.

É claro que ninguém gosta de ir por livre e espontânea vontade para o esgoto, porém, esse é apenas um dos ócios do ofício de um bombeiro. Eles pelo menos podiam ficar felizes que fazia um belo dia de sol, pois, se fosse um dia de tempestades, a situação com certeza seria bem mais crítica e perigosa tanto para eles quanto para os animais.

[/nextpage][nextpage]

Por água abaixo

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: (reprodução/internet)

Um bombeiro deve estar pronto para enfrentar qualquer situação, mesmo que isso envolve entrar no meio do esgoto. Mesmo que o dia estivesse bem ensolarado, ainda assim a missão haviam algumas dificuldades, já que o esgoto era muito profundo e escuro, dificultando a visibilidade dos profissionais. Além disso, a água também devia ser muito fria lá embaixo.

A grade do ralo do esgoto era muito pequena, o que também dificultava o trabalho deles. Por isso, eles logo pensaram que os animais eram bem pequenos para terem caído por aquela entrada. Na verdade, pode ser que fossem até mesmo bebês que tivessem caído por ali. Seja como for, eles precisavam resolver aquela situação o mais rápido possível.

[/nextpage][nextpage]

Novas surpresas ao abrir o ralo

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: (reprodução/internet)

Aquela situação era realmente bem difícil de ser resolvida: o ralo era pequeno, o esgoto era fundo, a visibilidade estava péssima. Por isso, os bombeiros decidiram abrir a grade que cobria o ralo para salvar os animais no esgoto. Com muito cuidado e agilidade, fizeram isso rapidamente. Porém, nada aconteceu.

Foi somente após algum tempo depois da tampa ser retirada que ouviram o grito de um pequeno animal, e tiveram uma grande surpresa. Eles prestaram atenção e viram que os animais em perigo eram realmente filhotes e, por isso, correram ainda mais contra o relógio para salvar aquelas criaturinhas inocentes.

[/nextpage][nextpage]

Tateando no escuro

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: (reprodução/internet)

Mesmo que estivessem com pressa para salvar os filhotes, os bombeiros deviam ser cautelosos em sua missão. Isso porque o esgoto era mesmo muito escuro, fazendo com que os profissionais tivessem uma péssima visão para resolver o caso. Além disso, eles não tinham certeza de como os animais tinham chegado lá.

Tudo era um verdadeiro mistério, já que é muito difícil que cães e gatos vão para lugares úmidos, pequenos e escuros como o esgoto para terem seus filhotes. Independente da espécie do animal e de como ele havia caído no ralo, os bombeiros estavam focados para salvá-los de forma segura e rápida.

[/nextpage][nextpage]

No paradeiro da mãe

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: (reprodução/internet)

Que as criaturas a serem salvas eram filhotes, isso os bombeiros já sabiam, por causa do choro deles. Porém, ainda era um mistério a forma como eles haviam ido parar lá e qual era a espécie deles. Por isso, na tentativa de descobrir qual seria a melhor forma de resgatá-los, uma equipe vasculhou a área para saber se eles conseguiriam encontrar a mãe da ninhada.

Isso facilitaria muito o trabalho, já que além de localizar os filhotes, eles precisariam saber qual animal de fato era para poder se preparar e retirá-los em segurança. A equipe de bombeiros procurou em toda a área, mas não conseguiu encontrar a provável mãe. Com isso, eles chegaram à conclusão de que os filhotes haviam sido abandonados.

[/nextpage][nextpage]

É difícil deixar o emocional de lado nessa situação

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: (reprodução/internet)

Mesmo tendo muita experiência em vários eventos difíceis e traumáticos, é muito difícil simplesmente deixar seu lado emocional e lidar apenas com o lado racional já que, afinal de contas, eles continuam sendo seres humanos. E saber que um animal recém-nascido havia sido abandonado os deixava muito tristes.

É claro que eles precisavam agir mais com a razão do que com a emoção, mas esse sentimento de piedade fez com que eles se apiedassem ainda mais dos filhotes que precisavam ser resgatados. Eles literalmente começaram a correr contra o tempo para salvá-los, afinal, os filhotes precisavam e mereciam uma chance para viver.

[/nextpage][nextpage]

Mais perguntas surgem

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: (reprodução/internet)

Depois dos bombeiros terem chego à conclusão de que eles haviam sido abandonados pela própria mãe, eles começaram a achar essa ideia muito estranha, afinal, isso é bem difícil de acontecer no reino animal. Por isso, passaram a pensar na mãe dos filhotes: e se ela não os tivesse abandonado e tivesse ido apenas procurar comida para alimentá-los?

Essa nova possibilidade mudou totalmente o rumo das ações e tornou ainda mais difícil que uma decisão fosse tomada. Se a mãe tivesse saído apenas para procurar alimento e os bombeiros tirassem os filhotes dali, a mãe nunca os encontraria novamente. Com isso, eles ficaram numa sinuca de bico, mas tinham pouco tempo para decidir o que fazer.

[/nextpage][nextpage]

Precisavam decidir o que fazer

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: (reprodução/internet)

Essa dúvida sobre a espécie e o abandono ou não dos filhotes pode parecer superficial para nós, mas não era para os bombeiros na ocasião, pois eles precisavam realmente saber que tipo de animal era para garantir o melhor tratamento e cuidado aos filhotes.

Caso eles fossem animais domésticos, eles precisariam ser resgatados imediatamente, recebendo atenção naquele mesmo momento. Porém, se fossem animais selvagens, os bombeiros deveriam deixá-los onde estavam para que pudessem aprender a sobreviver por conta própria. Para resolver essa grande questão, os profissionais finalmente decidiram entrar no esgoto para descobrir quais eram os animais e seguir com o plano de resgate.

[/nextpage][nextpage]

Finalmente os filhotes são resgatados

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: (reprodução/internet)

Após seguir com o próximo passo do resgate, um dos bombeiros da DBCS mergulhou no esgoto para procurar pelos filhotes. Após alguns instantes de agonia e busca, ele conseguiu recuperá-los e trazê-los de volta à superfície. E é claro que a equipe do lado de fora estava ansiosa para vê-los, e deu uma boa olhada na ninhada que havia sido posta em terra firme.

Não demorou muito para que os bombeiros descobrissem que tipo de animal era aquele. Os filhotes eram adoráveis e muito fofinhos: tinham as orelhas caídas, o pelo preto e caudas fininhas e que se mexiam rapidamente. Toda a equipe ficou apaixonada no mesmo instante pelos animais.

[/nextpage][nextpage]

Os filhotes veem o mundo pela primeira vez

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: (reprodução/internet)

Após analisar cuidadosamente os filhotes, os bombeiros chegaram à  conclusão de que era uma ninhada de cachorros. Mesmo tendo muita experiência com resgate de cães, aquela havia sido uma experiência muito inusitada, pois nunca os havia resgatado de um ralo. Era de fato muito estranho, já que os filhotes normalmente estão sempre com sua mãe por serem pequenos e dependerem totalmente dela.

Por causa disso, os bombeiros começaram a cogitar a ideia de que não era a mãe que havia abandonado os filhos, mas sim o dono do animal. Muito provavelmente, aquela ninhada era indesejável, e numa fria tentativa de se livrar dos filhotes, o dono jogou-os no esgoto. Apesar de muito abatidos, eles finalmente haviam sido resgatados e estavam bem.

[/nextpage][nextpage]

Os filhotes recebem todo o cuidado necessário

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: (reprodução/internet)

Os bombeiros estavam realmente muito tristes e decepcionados ante a possibilidade de alguém ter abandonado essa adorável ninhada de uma maneira tão covarde e fria. Exatamente por isso, seu lado emocional falou ainda mais alto e todos eles estavam determinados a cuidar o melhor possível dos filhotes.

Mesmo torcendo para que a hipótese de abandono deles estivesse errada, eles ainda precisavam fazer a parte deles. O esforço para que os pequenos resgatados chegassem em segurança e saúde era uma motivação de toda a equipe e, por isso, a primeira coisa que fizeram foi mantê-los bem aquecidos. Isso foi essencial para garantir a sobrevivência dos animaizinhos.

[/nextpage][nextpage]

A união faz a força

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: (reprodução/internet)

Ao resgatar todos os filhotes perdidos, a equipe contabilizou um total de oito, todos com a pelagem bem escura. Isso na verdade foi outro motivo de preocupação para os bombeiros, já que eles tinham medo de não ter visto algum no esgoto, já que a pelagem preta facilmente se perderia no escuro do esgoto.

Após vasculharem bem a área, eles viram que nenhum foi deixado para trás e, mesmo recém nascidos, os filhotes obedeceram seu instinto de se amontoar todos juntos rapidamente. Principalmente lá dentro do esgoto, isso foi essencial para salvá-los, que que, como estavam todos amontoados, eles compartilhavam o calor um do outro e se aqueciam rapidamente.

[/nextpage][nextpage]

A verdade sobre o abandono dos cachorros

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: (reprodução/internet)

Após terem certeza de que os filhotes estavam sãos e salvos e totalmente fora de perigo, os bombeiros começaram a investigar o porquê de eles terem ido parar dentro de um ralo de esgoto. Para ajudá-los nessa missão, eles entraram em contato com a mulher que havia ligado pedindo ajuda e, para a surpresa de todos, ela trouxe muito alívio.

A mulher garantiu que os filhotes não haviam sido abandonados, mas que, na verdade, eles haviam sido arrastados para o esgoto por causa de um riacho que se formou durante uma tempestade. Isso com certeza acalmou muito a equipe, já que se tratavam de um infeliz acidente e não de um ato de crueldade humana.

[/nextpage][nextpage]

Hora de descobrir a raça

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: (reprodução/internet)

Descobrir a raça de um filhote de cachorro é uma tarefa bem difícil, já que todos se parecem muito. Com essa ninhada em específico, a situação era ainda mais difícil, já que os recém-nascidos estavam sujos por estarem presos em um esgoto úmido. Após fazer uma rápida análise visual, entretanto, os bombeiros começaram a ter elaborar alguns palpites.

Por conta do pelo brilhante e baixo e da cauda longa e final, a equipe chegou ao consenso geral de que aquela era uma ninhada de labradores. Independente da raça, o importante, agora que estavam todos bem e protegidos, era fazer uma visita ao veterinário, para fazer exames completos sobre a integridade física dos cachorrinhos.

[/nextpage][nextpage]

Jovens sobreviventes

Para esses bombeiros, um simples dia de resgate de animais se torna um dia surpresa
Foto: (reprodução/internet)

Mesmo com poucos dias de vida, aqueles filhotes já haviam passado por muita coisa. Por terem estado na sarjeta sabe-se lá quanto tempo, estavam todos muito sujos e até mesmo doentes, por serem muito vulneráveis ao frio. Era um verdadeiro milagre que eles tivessem aguentado por tanto tempo e continuassem vivos!

Ao concluir o resgate, os bombeiros levaram os sobreviventes para a Sociedade Humanitária da Região de Pikes Peak, onde os filhotes foram examinados por um grupo de veterinários. Mark Jenkins, um dos bombeiros da equipe foi inclusive solidário ao ponto de deixar seu número de celular com o veterinário caso ele tivesse uma informação sobre a ninhada. Que sorte esses cachorrinhos tiveram por serem resgatados por pessoas tão boas!

[/nextpage]