Os corvos cooperam – mas não com qualquer um

ANÚNCIO

Vários estudos recentes já revelaram que os corvos estão entre as espécies mais inteligentes de pássaros e até mesmo espécies em geral. Os biólogos cognitivos da Universidade de Viena agora acrescentam cooperação ao currículo já impressionante dos corvos. 

Na natureza, já se sabia que os corvos são capazes de cooperar quando, por exemplo, atacam predadores. Mas usar uma configuração experimental trabalhando com corvos em cativeiro agora nos permitiu investigar, como exatamente eles fazem isso”, diz Lead- autor Jorg Massen.

ANÚNCIO

No experimento, dois corvos tiveram que puxar simultaneamente as duas pontas de uma corda para deslizar uma plataforma com dois pedaços de queijo ao alcance. Se, no entanto, apenas um indivíduo puxasse, a corda escorregaria pelos laços da plataforma e os pássaros ficavam com a corda e sem queijo. 

Sem nenhum treinamento, os corvos resolveram espontaneamente essa tarefa e cooperaram com sucesso. No entanto, descobriu-se que eles não se davam bem com todos e que preferiam trabalhar com amigos do que com inimigos.

Interessante foi o que aconteceu quando um dos dois pássaros trapaceou e, em vez de tirar apenas a própria recompensa, também roubou a recompensa de seu companheiro. As vítimas de tais trapaças imediatamente notaram e começaram a desertar em novas tentativas com o mesmo indivíduo. 

ANÚNCIO

“Essa maneira sofisticada de manter o parceiro sob controle só era demonstrada anteriormente em humanos e chimpanzés e é uma novidade completa entre os pássaros”, finaliza Massen.

Leia Também:Conheça NARWHAL, O Cachorro “Unicórnio”

Traduzido e editado por equipe Isto é Interessante 

Fonte: EurekAlert

ANÚNCIO