Os tentáculos selvagens da nebulosa Carina estrelam em uma imagem extraordinária de estrelas nascendo

ANÚNCIO

O nascimento de estrelas é um acontecimento gasoso e empoeirado, mas também visualmente glorioso. Uma nova imagem do telescópio Gemini South no Chile traz o berçário estelar da Nebulosa Carina em um foco surpreendentemente nítido.

Astrônomos estão olhando para a nebulosa Carina para aprender mais sobre a formação de estrelas. A imagem divulgada na segunda-feira mostra uma intrincada dança de gás brilhante e poeira no “Muro das Lamentações” ao longo da borda da nebulosa.

ANÚNCIO

O ingrediente secreto é a ótica adaptativa do telescópio. “A óptica adaptativa compensa os efeitos da turbulência na atmosfera da Terra para produzir imagens nítidas, comparáveis ​​às de um telescópio espacial“, disse o NoirLab da National Science Foundation em um comunicado na segunda-feira. NoirLab opera o Observatório Gemini.

Ao observar a nebulosa em luz infravermelha, somos capazes de ver “a visão mais nítida até agora de como as estrelas jovens massivas afetam seus arredores e influenciam como ocorre a formação de estrelas e planetas.

A equipe por trás da imagem, liderada por astrônomos da Rice University, publicou um artigo sobre a conquista no The Astrophysical Journal Letters na segunda-feira. O autor principal, Patrick Hartigan, chamou os resultados de “impressionantes”.

ANÚNCIO

A imagem do Gemini dá uma amostra do que podemos esperar de telescópios espaciais de próxima geração, como o atrasado James Webb da NASA.

Estruturas como o Muro das Lamentações serão ricas áreas de caça tanto para Webb quanto para telescópios terrestres com ótica adaptativa como o Gemini South“, disse Hartigan em um comunicado de Rice. “Cada um perfurará as mortalhas de poeira e revelará novas informações sobre o nascimento de estrelas.

Leia também: Lentes de contato de grafeno podem fornecer visão de predador

Traduzido e editado por equipe Isto é Interessante 

Fonte: Cnet

ANÚNCIO