Fugitivo é resgatado sem roupas em mangues na Austrália

ANÚNCIO

Luke Voskresensky sobreviveu quatro dias na selva australiana comendo caracóis e dormindo em um ninho para ‘homem’.

Fugitivo é resgatado sem roupas em mangues na Austrália
Foto: (reprodução/9 News/ Facebook)

Bilhões de pessoas não fazem ideia como é viver na Austrália, do outro lado do globo, parece ser um continente onde não se pode brincar. A soma dos  conhecimentos sobre a vida australiana podem ser resumidas às informações da internet e da TV, o que inclui ver o Crocodile Dundee, fotos de insetos gigantes no Reddit, e a estação dos incêndios que afetaram toda a fauna e flora do país e deixaram graves consequências ambientais.

ANÚNCIO

É um deserto de animais venenosos e ferozes cercado por um oceano cheio de’ dentes’. Mas as pessoas que vivem lá parecem se meter em situações bem inusitadas. 

Podemos dizer que se você está acostumado a surfar com grandes tubarões brancos, sacudir aranhas mortíferas de seus sapatos e tendo pitões caindo através de seus tetos, cada dia é uma aventura.

A coragem tem nome

O protagonista da história que resolveu encarar uma dessas situações inusitadas no meio da Austrália tem nome e sobrenome. Estamos falando de Luke Voskresensky. Ele é um fugitivo de 40 anos que cortou seu dispositivo eletrônico de monitoramento e desapareceu no mato na primeira semana de janeiro. Ele saiu sob fiança por uma série de acusações, incluindo assalto à mão armada, agressão agravada e roubo.

ANÚNCIO

Com base em como isso terminou, as coisas não poderiam ter corrido do jeito que Voskresenky queria explorar lá fora, na grande selva australiana.

Leia também: Homem rouba espada de General Revolucionário de Guerra e devolve após 40 Anos

Cam Faust e Kev Joiner ouviram os pedidos de ajuda de Voskresenky nos manguezais fora da cidade de Darwin, no Território do Norte. Eles descobriram o fugitivo enquanto colocavam armadilhas para caranguejos. Ele estava em um “ninho” em galhos de árvores a cerca de um metro acima das águas infestadas de crocodilos. Sujeira, lama, picadas de insetos e cortes cobriam seu corpo.

Os heróis que salvam vidas e trazem cerveja

Por sua própria conta, ele sobreviveu por quatro dias, vivendo dos caramujos comedores de terra. E para complementar a saga, Luke estava nu, uma vez que suas roupas não aguentaram e ficaram “pedaços e pedaços pelo caminho”, de acordo com a Associated Press. Será que – ele comeu suas roupas?

Fugitivo é resgatado sem roupas em mangues na Austrália
Mangues na Austrália. Foto: (reprodução/Icri Forum)

Abençoe a abordagem do laissez-faire dos australianos para circunstâncias realmente bizarras. Joiner raciocinou sobre sua descoberta do homem: 

“Achamos que ele deve ter tido uma grande noite após o Ano Novo e se perdeu e fez ele mesmo uma maldade no mato”.

Leia mais: A escola que foi evacuada após aluno trazer prato radioativo

Joiner e Fausto ajudaram o homem a entrar em seu barco. Eles acharam que ele não demoraria muito para o mundo se o deixassem para trás. Fausto deu a Voskresensky os calções que ele estava usando e uma cerveja.

“Ele parecia precisar de uma cerveja, embora estivesse em maus lençóis”. Com essa história, é impossível dizer se a Austrália é fantástica ou aterrorizante. Provavelmente as duas coisas.

Traduzido e editado por equipe Isto é Interessante 

Fontes: ODDEE, The Associated Press

ANÚNCIO