Lixo espacial é a prova da civilização alienígena, diz professor de Harvard

ANÚNCIO

Avi Loeb, presidente do Departamento de Astronomia da Universidade de Harvard, concorda com a visão de que se existe lixo no espaço, alguém deve estar jogando lá. Ele diz que quando encontrarmos o primeiro sinal de vida extraterrestre, ele será um pedaço do lixo deles.

Lixo espacial é a prova da civilização alienígena, diz professor de Harvard
Foto: (reprodução/internet)

Ele continua dizendo que tal pedaço pode ter simplesmente se infiltrado em nosso sistema solar. Ele acredita que o objeto não é apenas um pedaço de rocha, mas algum tipo de tecnologia extraterrestre.

ANÚNCIO

Objetos misteriosos no espaço

O objeto misterioso entrou em nosso sistema a partir da direção de uma estrela Vega em setembro de 2017. Dizemos “próximo”, mas isso também é relativo, pois Vega está a cerca de 25 anos-luz de distância.

No final de setembro, o objeto havia viajado além do Sol e Vênus. Em outubro de 2017, ele passou pela Terra, antes de seguir em direção à constelação Pegasus “e a escuridão além”, diz Loeb.

Leia também: Micróbios podem extrair elementos valiosos de rochas no espaço

ANÚNCIO

Ele foi detectado pelo Telescópio Panorâmico e pelo Sistema Rápido de Resposta (Pan-STARRS) no Havaí. Não é de se admirar que isto tenha sido o que notou – Pan-STARRS é o telescópio de mais alta definição existente. Uma vez que o objeto foi detectado no Havaí, ele também recebeu um nome havaiano. Seus fundadores deram o nome ao viajante interestelar de Oumuamua, que se traduz para o português como “Escoteiro”.

Teorias de vida alienígena 

A equipe de pesquisa original de Oumuamua descartou as teorias de Loeb como sendo um disparate. Ele, entretanto, acredita que tem razão.

“Algumas pessoas não querem discutir a possibilidade de que existam outras civilizações por aí. Eles acreditam que nós somos especiais e únicos. Eu acho que é um preconceito que deveria ser abandonado”, diz o professor Loeb.

Leia mais: Os primeiros humanos podem ter sobrevivido aos invernos rigorosos hibernando

Em vez disso, ele sugere que continuemos vasculhando o universo para encontrar mais sinais de lixo alienígena.

“A única maneira de procurar civilizações alienígenas é procurar seu lixo, como jornalistas de investigação que procuram através do lixo de celebridades”, diz ele.

Traduzido e editado por equipe Isto é Interessante 

Fonte: ODDEE

ANÚNCIO