Quantos órgãos existem no corpo humano?

ANÚNCIO

Desde os tempos antigos, a humanidade busca entender o que está dentro de nós. Os antigos egípcios manipulavam órgãos humanos enquanto os removiam para embalsamamento.

Manuscritos médicos encontrados em uma antiga tumba chinesa podem ser os escritos anatômicos mais antigos conhecidos sobre o corpo humano. Milhares de anos depois, sabemos quantos órgãos existem no corpo humano?

ANÚNCIO

Órgãos são coleções de tecidos que trabalham juntos para um objetivo comum, explicou Lisa M.J. Lee, professora associada do Departamento de Biologia Celular e do Desenvolvimento da Escola de Medicina da Universidade do Colorado. “Cada órgão desempenha uma função para o desempenho ou sobrevivência humana“, disse ela ao Live Science.

Depende

Mas nem todo órgão é necessário para a sobrevivência. Apenas cinco órgãos – cérebro, coração, fígado, pelo menos um rim e pelo menos um pulmão são absolutamente essenciais para a vida. Perder a função total de qualquer um desses órgãos vitais significa morte.

Surpreendentemente, o corpo humano pode sobreviver sem muitos outros órgãos ou substituindo um órgão não funcional por um dispositivo médico.

ANÚNCIO

Quanto à contagem de órgãos no corpo humano, depende de quem você pergunta e como você conta, disse Lee. Embora ninguém saiba de onde o número se origina, a contagem geral é de 78 órgãos, disse ela. Essa lista inclui os órgãos vitais: a língua, o estômago, a tireoide, a uretra, o pâncreas e muitos outros órgãos únicos ou pares de órgãos. Ossos e dentes são contados apenas uma vez.

Entre os anatomistas, os pontos de vista diferem sobre o que conta como um órgão. Um histologista como Lee, que estuda tecido em nível microscópico, pode ter uma lista de órgãos mais longa do que um anatomista macroscópico, que estuda o que é visível a olho nu.

Por exemplo, os cientistas foram manchetes em 2017 por rotular o mesentério, que liga o intestino à parede abdominal, como um órgão. Mesmo que os cientistas tenham fornecido novas evidências para chamá-lo de órgão, não foi controverso, como muitos histologistas e anatomistas concordaram, Lee explicou.

Mas não há nenhum grupo encarregado de manter uma contagem oficial dos órgãos ou de decidir o que é considerado um órgão.

A verdade

Pensando microscopicamente, quando vários tipos de tecidos se unem e funcionam juntos, a unidade é um órgão, disse ela. Lee poderia chamar estruturas que sustentam a unha, um órgão, e contar cada dente como um órgão individual.

“Eu consideraria cada osso um órgão, e todos os 206 ossos juntos, é considerado um sistema orgânico.” Como os ossos já estão listados uma vez na lista de 78, para obter uma contagem do número total de órgãos usando essa definição, basta adicionar 205, para um total de 284 órgãos.

Contar cada dente separadamente leva a lista a 315 órgãos. Muitos outros órgãos são listados apenas uma vez, embora existam muitos deles por todo o corpo.

Por exemplo, ligamentos e tendões podem aumentar o número total de órgãos quando contados individualmente. Este jogo é interminável. A lista de 78 conta os nervos apenas uma vez, mas há trilhões deles.

Exausta?

Lee costuma dizer a seus alunos de medicina e pós-graduação que costumam aceitar esse tipo de ambiguidade. Mas independentemente de como contá-los, você deve cuidar dos órgãos que possui.

Cada vez mais, estou descobrindo como é importante que você coloque as coisas certas em seu corpo para alimentar suas células, tecidos e órgãos“, disse Lee. Afinal, o corpo não tem tantos atores em seu recital de órgão.

Leia também: Lentes de contato de grafeno podem fornecer visão de predador

Traduzido e editado por equipe Isto é Interessante 

Fonte: Live Science

ANÚNCIO